Por que sempre depois de um raio no céu se escuta um trovão em seguida?


Por que sempre depois de um raio no céu se escuta um trovão em seguida

Veja neste artigo: Por que sempre depois de um raio no céu se escuta um trovão em seguida?

Selecionamos um conteúdo especial exclusivamente para você leitor que, a princípio, possa absorver bastante conhecimento e inspirar curiosidades relevantes.

Primeiramente, quando a gente vê um relâmpago no céu pode esperar um trovão.

Dessa forma, isso acontece devido a velocidade da luz ser maior que a velocidade do sol.

Aí eles não se encontram e um vem antes do outro por exemplo.

Relâmpago e trovão são os nomes dados, respectivamente, à luz e ao som dos raios.

Sobretudo, a formação dos raios se forma quando uma nuvem acumula excesso de carga elétrica positiva ou negativa.

Para desfazer desse excesso acontece o raio, por meio de transmissão de raios.

Essas duas polaridades: positiva e negativa.

Cerca de 90% dos raios são de polaridade negativa, levando elétrons da nuvem para o solo.

Os outros 10% são raios de polaridade positiva, muito mais raros.

Nesses raios, os elétrons são transportados do solo para a nuvem.

Portanto, conheça aqui 5 curiosidades sobre os raios:

  1. O brilho de um raio – ou relâmpago – dura em média meio segundo.
  2. Se você consegue ouvir um trovão, você está dentro de um raio de 16 quilômetros de uma tempestade
  3. O calor do raio é tão forte (30.000ºC, cinco vezes a temperatura da superfície do Sol) que o ar à sua volta se expande como um estrondo, o trovão.
  4. Apenas 10% das pessoas atingidas por raios morrem. Mas 70% delas sofrem danos permanentes, como sequelas de queimaduras, lesões cerebrais, perda de memória e mudanças de personalidade.

Você também pode gostar:

+ Você sabia que o Sol é uma estrela?

+ Você sabia que o único planeta do sistema solar que não tem o nome de um deus é o nosso? Veja porque!

+ Por que os homens vivem menos que as mulheres? Confira!

Vai mais um pouco de curiosidade aí?

Compartilhe nosso conteúdo!

Quantas estrelas ⭐⭐⭐⭐⭐ este artigo merece?

5/5 - (1 vote)