Fóssil gigante de ‘dragão do mar’ foi encontrado em reservas do Reino Unido


Fóssil gigante de 'dragão do mar' foi encontrado em reservas do Reino Unido
Fonte: Matthew Power Photography

Veja logo mais, Fóssil gigante de ‘dragão do mar’ foi encontrado em reservas do Reino Unido.

Selecionamos um conteúdo especial exclusivamente para você leitor que, a princípio, possa absorver bastante conhecimento e inspirar conhecimentos relevantes.

Os conservacionistas da Leicestershire and Rutland Wildlife Foundation relataram a descoberta de fósseis sem precedentes na história paleontológica local.

Segundo os pesquisadores, os restos de um ictiossauro de 180 milhões de anos estavam perfeitamente distribuídos ao longo das costas da região central, medindo cerca de 10 metros de comprimento e mantendo propriedades físicas bem preservadas que serviriam de registro documental para o categoria.

O ictiossauro extinto há quase 90 milhões de anos, comumente conhecido como o “dragão do mar” por causa de seu tamanho e do tamanho de seus olhos e dentes, era um predador do Triássico caracterizado por animais de sangue quente.

Semelhante em design de corpo aos golfinhos, eles podem atingir comprimentos de até 25 metros e caçar em águas turvas e profundas, governando o ecossistema em que vivem como um dos maiores répteis já registrados.

“Eu olhei para rochas ou cumes na lama e disse que parecia um pouco orgânico, um pouco diferente”, disse Davies à BBC News.

“Então vimos algo que parecia quase uma mandíbula. Encontrei um dinossauro.”

Foi quando o governo distrital enviou uma equipe de paleontólogos ao reservatório para observar de perto a “descoberta fascinante”.

Passado pré-histórico

Fóssil-gigante-de-'dragão-do-mar'-foi-encontrado-em-reservas-do-Reino-Unido-2

Há 200 milhões de anos, Rutland era coberto por um mar raso, mas estando a quase 50 km da costa de Dorset ou Yorkshire, o local não estava sujeito ao mesmo processo de erosão que a área do penhasco…

O progresso tem sido lento e apenas recentemente alguns dos mistérios que espreitam em áreas remotas foram revelados.

“Não é sempre que você é responsável por levantar com segurança um fóssil muito importante, mas muito frágil, e que pesa tanto”, disse Nigel Larkin, conservador paleontológico e pesquisador visitante da Reading University.

“É uma responsabilidade, mas adoro desafios.”

O crânio do dragão do mar foi removido junto com um grande pedaço de barro pesando cerca de uma tonelada, coberto com gesso, e posteriormente colocado em compensado de madeira para transporte adequado.

Agora, se o reservatório receber financiamento para transformar o local em ponto de visitação, os objetos fósseis serão estudados e poderão permanecer na área para o usufruto dos visitantes.

Você também pode gostar:

+ 6 curiosidades surpreendentes sobre a língua dos gatos

+ Déjà vu: Por que sentimos que já vivemos algo?

+ Pânico 5, confira o elenco e conheça a história da nova franquia

Fonte: www.megacurioso.com.br

Vai mais um pouco de curiosidade aí?

Compartilhe nosso conteúdo!

Quantas estrelas ⭐⭐⭐⭐⭐ este artigo merece?

5/5 - (2 votes)