É correto deixar o feijão de molho antes de cozinha-lo?


É correto deixar o feijão de molho antes de cozinha-lo

Veja a seguir, É correto deixar o feijão de molho antes de cozinha-lo?

Fizemos esta matéria bem como, de antemão, para você de alguma forma agregar mais conteúdo e inspirar boas ideias.

Deixar o feijão de molho por um tempo antes de cozinhar é uma técnica comumente usada na culinária brasileira, mas é realmente eficaz?

Afinal, é correto deixar o feijão de molho antes de cozinha-lo?

De acordo com pesquisas realizadas pelo Centro de Pesquisas em Alimentos da Universidade de São Paulo (USP) e pela Embrapa Arroz e Feijão, a resposta é: sim!

Além de ajudar no cozimento dos grãos, sobretudo esse processo também ajuda a remover os chamados antinutrientes, que se dissolvem na água e prejudicam a qualidade dos alimentos se não forem removidos.

Além disso, descubra a forma mais recomendada de seguir esta técnica e a hora de molhar o feijão!

Tempo do remolho

É-correto-deixar-o-feijão-de-molho-antes-de-cozinha-lo-1

Bem como, segundo os pesquisadores, o ideal é deixar o feijão repousar na água por 8 a 12 horas, técnica também chamada de “remolho”.

Algumas das substâncias que serão descartadas na água incluem rafinose e estaquiose, ainda assim que são oligossacarídeos que causam desconforto intestinal quando fermentados no intestino.

Dessa forma, como o remolho pré-hidrata os grãos, o processo de cozimento dos grãos torna-se mais rápido e eficiente.

Essa é uma tecnologia que foi mais usada nas últimas gerações, mas acabou sendo deixada de lado depois que a panela de pressão foi inventada.

Mesmo assim, aumentar o valor nutricional dos grãos ainda é quase essencial.

No entanto, no passado, era comum as pessoas usarem repetidamente água de molho para cozinhar feijão em uma panela – agora sabemos que isso é incorreto.

Nova pesquisa mostra que a troca de água é mais benéfica aos nutrientes, o que significa que a água encharcada será descartada logo após o uso.

Benefícios dessa técnica que informamos:

É-correto-deixar-o-feijão-de-molho-antes-de-cozinha-lo-2

Agora que sabemos que deixar de molho o feijão é importante para não ficarmos inchados após comer, quais são os outros benefícios desta técnica?

Em que mais devemos prestar atenção?

Eventualmente, uma pesquisa realizada pela Embrapa mostra que a embebição ajuda a reduzir o ácido fítico do feijão cozido sem utilizar a mesma água no processo.

A redução de alguns antinutrientes (como o fitato) ajuda a promover a absorção de certos nutrientes pelo nosso organismo, principalmente aqueles relacionados a proteínas e minerais.

Em outras palavras, colocar o feijão na água pode melhorar significativamente o nível nutricional do feijão comestível.

Embora algumas pessoas temam que a imersão também cause a perda de alguns nutrientes importantes, estudos têm mostrado que os danos dessa tecnologia são muito pequenos.

Em suma, assim como os antinutrientes no isolamento de alguns nutrientes nos grãos, percebe-se a importância da eliminação dessas substâncias.

Outro fato importante a ser mencionado é que embora a imersão possa acelerar o tempo de cozimento do feijão, o feijão não deve cozinhar por pouco tempo.

Por fim, comer feijão cru acabará por causar disfunção pancreática e prejudicar a absorção de nutrientes pelo corpo.

Siga o Feed Curioso no Google Notícias e receba as principais notícias do dia em primeiro lugar.

Veja também:

Fonte: www.megacurioso.com.br

Vai mais um pouco de curiosidade aí?

Compartilhe nosso conteúdo!

Quantas estrelas ⭐⭐⭐⭐⭐ este artigo merece?