Desafio do raciocínio lógico – Uma mãe tem 30 reais e quer dividir entre as duas filhas. Que horas são?


Desafio do raciocínio lógico - Uma mãe tem 30 reais e quer dividir entre as duas filhas. Que horas são?

Nesse teste confira: Desafio do raciocínio lógico – Uma mãe tem 30 reais e quer dividir entre as duas filhas. Que horas são?

Fizemos esta matéria bem como, de antemão, para você de alguma forma agregar mais conteúdo e inspirar boas ideias.

Desde já, não há necessidade de fazer cálculos, você pode usar seu raciocínio lógico para resolver este problema.

Para isso, é necessário lembrar a nossa forma de expressão, como alguns minutos antes de um determinado horário, dizíamos, por exemplo: são 20 horas; das 10h às 16h, etc.

Pelo mesmo raciocínio, sobretudo percebemos que na letra d, o tempo especificado é de um e quarenta e cinco minutos (1:45).

Em outras palavras, é quinze para dois (15 para 2).

Porque minha mãe tem 30 reais, ela quer dar para duas filhas, 15 reais para duas, entendeu?

Portanto, a resposta é: a letra d.

Compartilhe esse desafio nas suas redes sociais e veja se seus amigos acertam!

Dessa forma, segundo o neurologista Leandro Teles, nunca é tarde para exercitar o cérebro, o aprendizado está relacionado ao raciocínio lógico, que pode ser desenvolvido ao longo da vida.

“O raciocínio lógico é o raciocínio sequencial. É o tipo mais usado e importante de raciocínio. Ele amadurece com as associações mentais. A taxa de erro do raciocínio lógico é baixa. Com ele podemos resolver dilemas do dia a dia e questionamentos maiores”, explica.

Afinal, sempre em evolução

Segundo os neurocientistas, é possível aprender até o último segundo de vida porque nossos cérebros não têm prazo para aprender e desenvolver a lógica:

“Aprendemos do nascimento até morte. Evidentemente, o processo se modifica um pouco durante a vida. Por questões anatômicas, hormonais, motivacionais e mesmo socioculturais existem variações ao longo da vida, mas, em termos de potencial, o cérebro mantém sua capacidade de desenvolvimento”, pontua.

De acordo com Leandro Teles, não existe um limite de aprendizagem. “Sempre nos deparamos com exemplos de novas habilidades mentais e físicas em todas as idades, gerações e momentos da história humana”, diz.

Você também pode gostar:

>>> Conheça o segredo para nunca mais sentir cócegas

>>> Por que a Apple sempre usa 9:41 em divulgações?

>>> 7 dicas para forno de micro-ondas que vão mudar sua vida

Fonte: www.portalraizes.com

Vai mais um pouco de curiosidade aí?

Compartilhe nosso conteúdo!

Quantas estrelas ⭐⭐⭐⭐⭐ este artigo merece?