Contraceptivo masculino: injeções, gel e outros que você não sabia


Contraceptivo masculino: injeções, gel e outros que você não sabia

Selecionamos um conteúdo especial “Contraceptivo masculino: injeções, gel e outros que você não sabia” exclusivamente para você leitor que, a princípio, possa absorver bastante conhecimento e inspirar curiosidades relevantes.

Muitos casais pretendem ter uma gravidez planejada ou mesmo não ter filhos, e o número de mulheres utilizando contraceptivos prejudiciais à saúde não parou de subir durante as últimas décadas, o que trouxe a necessidade de as pessoas de sexo masculino colaborarem com suas parceiras na busca por soluções ao risco de gravidez. 

Alguns métodos são utilizados e também mais conhecidos pelos homens, como, por exemplo, a camisinha. Entretanto, existem outros contraceptivos que podem promover a mesma eficácia, como você verá nesse post. 

Contraceptivo masculino em gel

O Vasalgel é uma espécie de gel que age impedindo a passagem de espermatozóides durante a ejaculação, e precisa ser aplicado em consultório médico com anestesia local, podendo durar até 10 anos e também sendo removível com a aplicação de uma solução. 

Injeção contraceptiva 

Foi desenvolvida recentemente, na Índia, uma injeção contraceptiva que pode ser aplicada próximo aos testículos para impedir que os espermatozóides passem quando a ejaculação ocorrer. Essa solução dura em média 13 anos e pode ser revertida a qualquer momento por meio de aplicação de outra injeção com propriedades parecidas. 

Embora tenha sido desenvolvida, esse método contraceptivo que muitos desconhecem ainda aguarda liberação das autoridades locais, não sendo comercializado atualmente. 

Pílula anticoncepcional masculina

A pílula anticoncepcional foi criada com a utilização do hormônios femininos para a diminuição dos níveis de testosterona no homem, reduzindo também a quantidade de espermatozóides liberados na ejaculação. 

O único problema é que, assim como nas pílulas anticoncepcionais femininas, essa também causa efeitos colaterais e podem prejudicar o humor, a libido e aumentar a acne, motivo pelo qual não é comercializada atualmente. 

Contraceptivo masculino H2-Gamendazol

Esse método contraceptivo demonstrou não ser reversível se tomado com alta frequência, motivo pelo qual foi submetido a testes clínicos novamente.

Siga o Feed Curioso no Google Notícias e receba as principais notícias do dia em primeiro lugar.

Você também pode gostar:

Vai mais um pouco de curiosidade aí?

Compartilhe nosso conteúdo!

Quantas estrelas ⭐⭐⭐⭐⭐ este artigo merece?

5/5 - (1 vote)