Como surgiu a tatuagem? Confira aqui!


Como surgiu a tatuagem?

Veja a seguir: Como surgiu a tatuagem? Confira aqui!

Esse artigo é feito perfeitamente para você que, antes de mais nada, busca informação sempre com qualidade e em primeiro lugar.

Hoje a tatuagem é algo ainda marginalizado, sobretudo algumas pessoas sofrem preconceitos por ter uma tatuagem.

Hoje é objeto de composição a arte pelo corpo, será então que ao passar do tempo regredimos culturalmente?

Entenda a história da tatuagem, ela começa no Egito 4.000 e 2000 a.c.

Além disso, acho que você nunca imaginou que essa arte tivesse tanto tempo, né?

Há registro de um fóssil humano tatuado mais antigo já visto foi o de Ötzi, ou Múmia do Similaun, bem como, encontrado nos Alpes italianos com aproximadamente 5.000 anos.

Ele continha 61 tatuagens. Imagina uma pessoa há 4000 a.c. com 61 tatuagens, polêmico? Não para aquela sociedade.

Como eram feitas essas tatuagens?

As primeiras ferramentas eram bem básicas, como espinhos ou pedaços de ossos, com isso, os designs no mundo antigo eram simples padrões geométricos.

Eles registravam na pele elementos inspiradores que viam no próprio ambiente como o sol, a lua, estrelas, montanhas, animais e plantas.

A tinta era feita com elementos encontrados na mata.

Nesse tempo, a tatuagem era vista como um ritual e marcava um lugar na sociedade habitada.

Nas culturas da Ilha do Pacífico, como em Samoa, os desenhos na pele representavam a união da comunidade e, geralmente, eram vistos nas costas e pernas seguindo um padrão específico.

Com a chegada dos exploradores europeus nessas áreas, a tatuagem foi sendo apagada pouco a pouco, isso tudo devido às religiões da época, entre elas por exemplo, o cristianismo, o islamismo e o judaísmo que viam essas pinturas corporais como algo profano.

De onde surgiu o nome?

Um importante registo feito pelo navegador britânico James Cook conta que, ao aportar no Taiti, em 1769, ambos os sexos pintavam o corpo e chamavam o ato de “tattow”.

Daí o termo que conhecemos hoje.

Com a remoção das tatuagens, feitas pelos colonizadores e missionários da época, as tattoos perderam a visibilidade entre os povos indígenas da região por algum tempo.

Mais história vem por aí

A tatuagem foi usada no Japão como forma de punição aos criminosos, era algo muito mal visto e indicava que a pessoa pertencia às máfias das prisões.

Nesses locais surgem os desenhos ligados à mitologia, passando a ser um símbolo de resistência depois de alguns anos.

Outro período da História extremamente importante e significativo para a tatuagem foram as navegações.

Os marinheiros ingleses e americanos passam a estampar o próprio corpo a fim de resgatar memórias, conquistas e superstições.

Eles tatuavam temas náuticos, patrióticos, iniciais e muito mais.

Há quem diga que eles foram os responsáveis por levar a tatuagem até a nobreza da época.

É na década de 70 que as tatuagens começam a estampar capas de revistas e matérias especiais sobre o tema surgem na TV.

Os artistas musicais desse período também acabam interferindo na popularidade das tattoos, já que, em sua maioria, possuíam grandes desenhos estampados pelo corpo.

Vista como algo “cool”, os estúdios começam a investir em trabalhos personalizados feitos de acordo com a preferência de cada cliente.

Você também pode gostar:

+ Beijar uma pessoa na orelha pode deixá-la surda

+ No século 19, os molares de algumas pessoas explodiam sem aviso prévio

+ A cerveja não era considerada uma bebida alcoólica na Rússia até o ano de 2011, entenda

Vai mais um pouco de curiosidade aí?

Compartilhe nosso conteúdo!

Quantas estrelas ⭐⭐⭐⭐⭐ este artigo merece?

5/5 - (1 vote)