Confira aqui como são feitas as batatas fritas do Mc Donald’s


Confira aqui como são feitas as batatas fritas do Mc Donald's

Veja logo mais, Confira aqui como são feitas as batatas fritas do Mc Donald’s.

Esse artigo é feito perfeitamente para você que, antes de mais nada, busca informação sempre com qualidade e em primeiro lugar.

A mundialmente famosa batatas fritas do McDonald’s são muito populares porque são perfeitas e crocantes e quase sempre têm o mesmo sabor e textura.

Embora essa seja a razão pela qual muitos seguidores adoram o fast food mais popular do mundo, não é difícil descobrir que há algo muito industrial por trás dessa receita infalível e misteriosa, certo?

Pois bem, para desvendar o mistério das “batatas fritas” do McDonald’s de uma vez por todas, o anfitrião (que afirma ser o amante da rede de batatas) Grant Imahara decidiu investigar a produção do projeto e entender o processo de processamento da franquia item do menu e como eles o trataram.

Sobretudo, tem um sabor único onde é colocado.

Por isso, o cara foi até a fábrica da marca em Idaho, nos Estados Unidos.

Confira-aqui-como-são-feitas-as-batatas-fritas-do-Mc-Donald's-1

Como você verá no curta-metragem, Imahara prefere relembrar todo o processo de fazer as batatas fritas e deixar um suspense no ar:

Será que eles usam mesmo batatas?

Você não precisa assistir ao vídeo inteiro para obter a resposta, porque já esperávamos que a resposta fosse sim.

Como resultado, o McDonald’s realmente usa tubérculos na receita…

Além disso, o maior problema é o que cada fatia do uniforme tem.

Isso porque, além da batata, quem compra batata frita no McDonald’s também ingere outros 14 ingredientes, ingredientes esses que são fontes da indústria química, além de passar por duas rodadas de fritura.

Afinal, bastante louco, né?

Entenda o processamento

Confira-aqui-como-são-feitas-as-batatas-fritas-do-Mc-Donald's-2

Este é o começo da mistura: primeiro uso óleo de colza, óleo de soja, óleo de soja hidrogenado, aromatizante natural de carne, trigo hidrolisado, leite hidrolisado, ácido cítrico e dimetil polissiloxano (um silicone comestível) para temperar as batatas.

Em seguida, um açúcar natural chamado dextrose é adicionado à receita, o que ajuda a mantê-la dourada depois de frita no restaurante.

Juntamente com ácido de sódio para evitar que tudo fique cinzento e sal para manter o sabor.

No entanto, as batatas ainda passam pelo primeiro processo de fritura na fábrica antes de serem congeladas e entregues no restaurante.

E, para completar, nesta etapa, um produto químico à base de petróleo denominado terc-butil hidroquinona, também denominado com o nome de BHOT, e é adicionado ao alimento.

Confira-aqui-como-são-feitas-as-batatas-fritas-do-Mc-Donald's-3

Gostou?

Então espere até saber que na hora da fritura (de novo), para o consumidor final, o processo é feito com uma mistura de óleo de fritura, e um pouco de BHOT como a conhecemos, e claro, gordura hidrogenada ou trans, se preferir chamá-lo (o único ingrediente excluído da produção brasileira).

Por fim, adicione um pouco mais de sal.

Assista o vídeo:

Quer saber qual é o equilíbrio final de tantos produtos químicos e gorduras?

A empresa calculou que a porção média do produto contém 288 calorias.

Além disso, além das batatas, você também come 4,1 gramas de proteína, 19,6 gramas de gordura, 35 gramas de carboidratos e 309 miligramas de sódio.

Deu vontade de comer batata frita aí?

Veja também:

>>> Você pode resolver esta conta? Ninguém dirá a resposta correta imediatamente!

>>> É de partir o coração ver o que fez essse cachoro quando estava sozinho em casa

>>> Quem nasceu primeiro: ovo ou a galinha?

>>> Você é um gênio se conseguir resolver esse enigma, consegue?

>>> Entenda por que os gatos costumam nos seguir até o banheiro

Fonte: segredosdomundo.r7.com

Vai mais um pouco de curiosidade aí?

Compartilhe nosso conteúdo!

Quantas estrelas ⭐⭐⭐⭐⭐ este artigo merece?