Bocejo: Você sabe por que acontece? Entenda


Bocejo

Neste artigo veja, Bocejo: Você sabe por que acontece? Entenda.

Selecionamos um conteúdo especial exclusivamente para você leitor que, a princípio, possa absorver bastante conhecimento e inspirar curiosidades relevantes.

Primeiramente, bocejar é um ato involuntário pelo qual abrimos a boca e respiramos fundo.

Pesquisas recentes afirmam que esse mecanismo ocorre no feto de 11 semanas.

Mesmo alguns animais, como cães, gatos e peixes, por exemplo, bocejam.

Quando uma pessoa boceja, ela abre bem a boca para poder aspirar uma grande quantidade de ar.

Durante a respiração, os pulmões se expandem; os músculos abdominais são flexionados e o diafragma se contrai.

Bocejar também aumenta a frequência cardíaca em até 30%.

Até o momento por exemplo, não se sabe exatamente o que causa o bocejo.

Três teorias tentam explicá-lo

De acordo com a teoria física, bocejamos para obter mais oxigênio e remover o acúmulo de dióxido de carbono.

Por esse motivo, teoricamente bocejamos muito quando estamos em grupos, pois mais pessoas produzem mais dióxido de carbono no meio ambiente.

Para os nossos ancestrais, a teoria da evolução indica a prática do bocejo como uma maneira de mostrar os dentes; e esse ato seria um sinal de confronto.

Outro argumento, e talvez o mais conhecido; é que o bocejo ocorre em situações de tédio, fadiga ou exaustão.

Atualmente, não se sabe por que o bocejo é causado.

Talvez este seja um mecanismo necessário para o bom estado do corpo, pois aumenta a quantidade de oxigênio e a frequência cardíaca.

No entanto, esses benefícios podem ser facilmente alcançados com atividade física, por exemplo.

Portanto, o ato de bocejar ainda é um tema que precisa ser explorado.

Outro aspecto interessante é que quando vemos e ouvimos alguém bocejar ou lemos algo sobre isso; como este artigo, há uma grande chance de estarmos bocejando também.

Sob o mesmo ponto de vista, você tem o costume de bocejar?

Você também pode gostar:

Vai mais um pouco de curiosidade aí?

Compartilhe nosso conteúdo!

Quantas estrelas ⭐⭐⭐⭐⭐ este artigo merece?

5/5 - (1 vote)